terça-feira, 9 de junho de 2009

FISL fica em Porto Alegre

Como havia transcrito aqui a possibilidade levantada pela imprensa do FISL deixar Porto Alegre a partir do próximo ano, nada mais justo do que transcrever a notícia onde fica claro que o FISL permanecerá mesmo na capital gaúcha.

Segue abaixo notícia publicada no Baguete.

Fisl fica em Porto Alegre

Saiu de cena a possibilidade do Fórum de Software Livre deixar de ser realizado em Porto Alegre.


A Procempa será patrocinadora Ouro da décima edição, que acontece entre os dias 24 e 27 de junho na PUC-RS e já estão sendo articuladas as negociações para realizar o evento no Cais do Porto e no Gasômetro da capital gaúcha em 2010.


“A participação da prefeitura é fundamental para sustentar o crescimento do evento”, afirma o coordenador geral da entidade, Marcelo Branco, que esteve reunido com o presidente da Procempa, André Imar Kulczynski, o presidente da InovaPoa, Newton Braga Rosa, e representantes das secretarias de Cultura, Publicidade e Turismo nesta segunda-feira, 08.


Através das secretarias, a prefeitura deve realizar diversas atividades durante a programação do Fórum, a serem divulgadas nas próximas semanas. “Não é só a prefeitura que quer o Fisl aqui, a cidade quer manter sua tradição”, afirma Kulczynski.


São esperados 8 mil participantes para a décima edição do Fisl, que terá mais de 350 palestrantes no total, incluindo o sueco Peter Sunde, um dos fundadores do site Pirate Bay e os gurus Richard Stallman e John “Maddog” Hall. O evento deve deixar entre R$ 3 e R$ 5 milhões na cidade.


Entenda o caso


Em coletiva de imprensa realizada na quinta-feira, 04, Branco fez queixas contra a “falta de apoio” para manter o Fisl no Rio Grande do Sul e afirmou que a organização do evento tinha recebido uma proposta para levar o evento para o Paraná.


O governador do estado, Roberto Requião, é um defensor entusiasta do software livre e ao longo dos últimos anos o Paraná roubou do Rio Grande do Sul a posição de vitrine no uso de softwares de código aberto na administração pública.


Branco prefere destacar a importância do uso dos negócios gerados com software livre no Rio Grande do Sul. “Um levantamento do Ministério de Ciência e Tecnologia só nos deixou atrás de São Paulo”, avalia o coordenador geral da ASL.org.


Comentário no Quentinhas


A permanência do Fisl em Porto Alegre foi comentada pelo editor do Baguete, Maurício Renner, em post no blog Quentinhas. Confira a opinião do jornalista no link relacionado abaixo.

Nenhum comentário: